Como fica o curativo da Rinoplastia? | Otorrinolaringologista Florianópolis e São José | Dr. Guilherme Guerra
16313
post-template-default,single,single-post,postid-16313,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Como fica o curativo da Rinoplastia?

Como fica o curativo da Rinoplastia?

Uma dúvida comum é a respeito de como é o curativo da rinoplastia.

Geralmente é colocada uma camada de micropore sobre o nariz, com o objetivo de não deixar formar tanto edema (inchaço), e também permitir que a pele e o tecido subcutâneo se acomodem por cima das estruturas mais internas (ossos e cartilagens), já que durante a cirurgia essa pele e subcutâneo foram descolados para permitir o acesso às outras estruturas.Acima dessa camada de micropore, é necessário usar algo que estabilize o nariz, principalmente quando ocorre fratura durante a cirurgia para reduzir a largura ou a altura do mesmo.

Antigamente se utilizava muito o gesso para esta finalidade, mas atualmente existem outras opções tais como as plásticas termoplásticas. Tais placas são mais faceis de serem usadas, mais “limpas”, e são mais discretas que o gesso.

Elas são aquecidas em água quente e ficam totalmente maleáveis, permitindo que o cirurgião as modele para que fiquem bem adaptadas ao formato do nariz logo após a cirurgia.Poucos segundos após esfriarem, já adquirem uma consistência endurecida novamente, estabilizando o nariz e permanecendo na mesma posição até serem removidas, o que ocorre geralmente após 7 dias de cirurgia.

Opcionalmente, acima da placa termoplástica, o cirurgião pode adicionar algumas camadas de micropore normalmente da cor da pele, para que o curativo como um todo fique mais discreto e camuflado possível.

 

Ainda possui alguma dúvida sobre Rinoplastia?

Saiba mais pelo telefone / Whatsapp (48) 99176-5577⁠

Estamos à disposição para te ajudar no que precisar!⁠



WhatsApp
Enviar