Polipectomia nasal em Florianópolis e São José| Dr. Guilherme Guerra
15490
page-template-default,page,page-id-15490,page-child,parent-pageid-15311,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Cirurgia para Polipose Nasal ou Polipectomia

Polipectomia Nasal em Florianópolis e São José | Dr. Guilherme Guerra

A polipectomia é a cirurgia para retirada de pólipos nasais, resultantes de um crescimento anormal de tecido inflamatório, que pode ocorrer na cavidade nasal e/ou nos seios paranasais, causando saliências na superfície da mucosa destes locais.
Em casos extremos, quando não tratados adequadamente, os pólipos podem inclusive se tornar aparentes pelas narinas, o que causa enorme constrangimento para o paciente.
Os pólipos podem causar sintomas tais como obstrução nasal e hiposmia (diminuição do olfato), além de crises de sinusite devido à obstrução que causam nas vias de drenagem naturais dos seios da face.
As polipectomias visam a remoção dos pólipos, e frequentemente são realizados outros procedimentos concomitantes, como sinusectomias, visando o restabelecimento da ventilação dos seios paranasais
Da mesma forma que as outras cirurgias nasais, a polipectomia também é realizada com auxílio de endoscópios, permitindo maior visualização cirúrgica e segurança. Neste procedimento também é quase sempre mandatório o uso de microdebridadores, instrumentos que cortam e aspiram ao mesmo tempo, agindo como verdadeiros “trituradores” dos pólipos. Isso permite maior agilidade e precisão na cirurgia.
Infelizmente a polipectomia não garante que não possa ocorrer recidiva (recorrência) futura dos pólipos, já que se trata de uma doença crônica.
Entretanto, o principal objetivo da cirurgia é promover uma melhora na qualidade de vida do paciente, seja por melhora na obstrução nasal, do olfato, ou de sinusites recorrentes, e também promover melhor acesso de medicações tópicas para uso nasal, o que pode minimizar a necessidade de cirurgia futura.

WhatsApp
Enviar